Significado de molécula

Biol. Fís.quím. A menor partícula, de dois ou mais átomos, em que se pode dividir uma substância, conservando sua estrutura e propriedades químicas.

[F.: Do fr. molécule, do lat. científico molecula, dim. de moles. Ideia de: mol-.]


Molécula apolar
1 Fís.-quím. Molécula cujo momento de dipolo é igual a zero. [Ver Momento de dipolo. Cf.: Molécula polar.]


Molécula marcada
1 Fís.nu Molécula na qual os isótopos radioativos de um ou mais átomos os substituem.


Molécula polar
1 Molécula cujo momento de dipolo é diferente de zero. [Ver Momento de dipolo. Cf.: Molécula apolar.]



A molécula é a menor partícula da matéria de uma substância que tem em si todas as características desta. A molécula é consituída de átomos, de um ou mais elementos, e é ela que determina, com as características que adquire dessa composição de átomos, as características da substância como um todo. P. ex., uma molécula formada por dois átomos de hidrogênio e um de oxigênio (H2 O) tem as características da substância que ela forma (a água), e diferentes das da molécula formada por dois átomos de hidrogênio e dois de oxigênio (H2 O2), que tem as características da água oxigenada.

Definición de Molécula

Molécula é um grupo de átomos, iguais ou diferentes, que se mantêm unidos e que não podem ser separados sem afetar ou destruir as propriedades das substâncias.

Existe um conceito antigo que diz que a molécula é a menor parte de uma substância que mantém suas características de composição e propriedades químicas. Porém, sabe-se hoje em dia que as propriedades químicas de uma substância não são determinadas por uma molécula isolada, mas por um conjunto mínimo destas.

Muitas substâncias familiares são feitas de moléculas, como o açúcar, a água, e a maioria dos gases, enquanto outras substâncias familiares não são moleculares em sua estrutura, como os sais, metais, e outros gases nobres.

Alguns exemplos de moléculas é quando dois átomos de oxigênio se combinam para formar uma molécula de oxigênio e quando um átomo de carbono combina com dois átomos de oxigênio para formar uma molécula de dióxido de carbono.