Significado de fundamentalismo

Rel. Doutrina ou prática, em setores de várias religiões, que consiste em interpretar literalmente os textos sagrados, tomando suas palavras como únicas verdades

Observância rigorosa às leis do Islamismo, ou o próprio Islamismo

Fig. Qualquer sistema (político, econômico etc.) que se apresenta como portador exclusivo da verdade e de solução única para problemas

[F.: fundamental + -ismo.]



O conceito e o termo nasceram quase juntos, no início do século XX, em comunidades protestantes dos Estados Unidos, especialmente no estado de Tennessee. Refere-se à ideia, e às atitudes dela decorrentes, de que o texto literal da Bíblia (o Velho e o Novo Testamentos) é absolutamente, e só ele, verdadeiro, com isso rejeitando muitos dos conhecimentos e das propostas da ciência, da filosofia, da cultura moderna e contemporânea. Famoso foi o julgamento do prof. John Scopes, em 1925, no Tennessee, por ter ensinado na escola a proibida (por lei estadual) teoria evolucionista de Darwin. Em um sentido mais genérico, o termo passou a ser usado para designar, nas três religiões monoteístas ' abraâmicas', baseadas em escrituras sagradas (o judaísmo, o cristianismo, e o islamismo), o apego ao texto literal dessas escrituras, com a rejeição de qualquer outra interpretação dos fatos e do sentido moral que encerram. Em fins do século XX e início do século XXI, o termo já era aplicado a uma facção dos crentes, principalmente no islamismo (fundamentalismo islâmico), que passou da fé religiosa absolutista para uma atitude política de conquista de espaços e poder com base nessa fé. Enquanto qualquer fundamentalismo, como ideia de que a única verdade está no texto sagrado, pode se considerar portador de um caminho humanitário de redenção, sua apropriação por facções que pretendem impor sua fé pela conquista e pela eliminação ou sujeição das outras, levou a um confronto em que se misturam religião, política, violência e terrorismo, em meio a muitas distorções e marketing.

Definições da web