Significado de duplicata

Qualquer objeto ou ser que se pareça, represente ou tenha a mesma função de outro; CÓPIA.

Cópia de exemplar (livro, selo, moeda etc.) que já exista em uma coleção.

Cópia de um objeto ou obra de arte.

Econ. Título de crédito que obriga o comprador a pagar, em data preestabelecida, a quantia correspondente ao valor da mercadoria adquirida.

[F.: Do lat. medv. (littera) duplicata, pelo fr. duplicata.]

Definición de Duplicata

Duplicata é um título de crédito que existe quando há um contrato de compra e venda, ou de qualquer tipo de prestação de serviço. A duplicata corresponde a uma venda real ou a qualquer tipo de prestação de serviços, e qualquer duplicata que seja emitida por algum motivo que não sejam essas atividades é uma infração.

A duplicata é um título criado pela área jurídica brasileira, desde o ano de 1850. Nesta época, a duplicata era emitida quando o vendedor tinha que dividir as vias de comprovante de venda das mercadorias, uma vez que, cada uma das partes envolvidas ficava com uma.

A origem da duplicata é de apenas uma fatura, mas nessa mesma fatura, podem existir diversas duplicadas. A duplicata é emitida tanto por profissionais, como por empresas, para cobrar os serviços prestados ou por empresas, para cobrança de serviços prestados, que deve ser apresentada ao devedor em no máximo 30 dias, depois da sua emissão.

Definições da web

  • A duplicata mercantil ou simplesmente duplicata é uma espécie de título de crédito que constitui o instrumento de prova do contrato de compra e venda.
    pt.wikipedia.org/wiki/Duplicata
  • cópia; título de crédito formal, nominativo, que representa e comprova crédito preexistente, e destinado a aceite e pagamento pelo comprador
    pt.wiktionary.org/wiki/duplicata
  • Título de crédito cuja quitação prova o pagamento de obrigação oriunda de compra de mercadorias ou de recebimentos de serviços. ...
    www.janelanaweb.com/digitais/nascimento12.html