Significado de A torto e a direito

A torto e a direito é uma expressão popular da língua portuguesa que significa "fazer alguma coisa à toa, às cegas, em excesso, demais".

A expressão "a torto e a direito" também é usada para descrever alguém que faz algo indiscriminadamente ou sem pensar, como podemos verificar no seguinte exemplo: "O Pedro ficou tão maluco que foi para o meio da multidão e começou a bater nas pessoas a torto e a direito."

Torto e a direito - origem

A expressão "a torto e a direito" é muitas vezes usada na frase "atirar a torto e a direito" ou "bater a torto e a direito", no caso de uma pessoa que quando se sente ameaçada ou encurralada, ataca a todos que se encontram ao seu alcance, sem se preocupar se é inimigo ou amigo. Este é o caso de uma expressão muito antiga, que pode também ser encontrada em outros idiomas, como o francês (à tort et à travers). Alguns autores afirmam que o termo "a torto e a direito" teve origem nas feiras populares da Europa, onde era possível encontrar cegos que mendigavam e que, muitas vezes, eram provocados de propósito por sujeitos que só queriam vê-los zangados. Estes, no auge da sua fúria, balançavam os seus bastões de qualquer maneira, muitas vezes atingindo pessoas inocentes, ou seja, agrediam pessoas a torto a direito.